00:40:08 Segunda, 18 Novembro 2019

A Casa de Colón é um dos mais emblemáticos palácios de Las Palmas e apresenta muitos aspectos da antiga arquitectura local, como imponentes portais, bonitas varandas em madeira, grandes pátios e tectos em talha de madeira. O edifício serviu de residência aos primeiros governadores da ilha, e segundo se pensa teria sido o local onde Colombo ficou alojado em 1492 enquanto um dos seus barcos era reparado no porto, razão pela qual a "casa de Colón" recebeu o seu nome.

A bela estrutura foi reconstruída em 1777, e desde 1952 abriga um museu com 13 salas dedicadas à sua colecção permanente, uma biblioteca, um centro de investigação e vários espaços reservados para actividades temporárias, como conferências, seminários e exposições. O acervo inclui peças americanas da época pré-colombiana, modelos de barcos, uma réplica do “camarote do almirante” de La Niña – um dos barcos da primeira esquadra de Colombo –, instrumentos náuticos, mapas, pinturas e muitas outras peças relacionadas com as viagens daquele navegador, a história das Canárias e a sua relação com as Américas.

Foi também nesta casa que nasceu o famoso tenor de ópera Alfredo Kraus (1927–99). Os visitantes mais novos irão achar imensa graça aos dois papagaios tagarelas do pátio.

Horário de abertura:
Segunda a sábado, das 10h às 18h – domingos e feriados, das 10h às 15h. (Encerrado: 1 de Janeiro e 6, 1 de Maio, 24, 25 e 31 de Dezembro). Entrada: 4€

Na Calle de los Balcones, uma calçada que parte da Plaza del Pilar e segue paralela ao mar, encontrará um edifício de aspecto modesto cuja fachada do século XVIII esconde o futurista Centro Atlántico de Arte Moderno (Centro Atlântico de Arte Moderna).