18:37:33 Terça, 23 Julho 2019

Santa María de Guía, outrora integrada no município de Gáldar, é hoje uma bonita vila com personalidade própria. Foi aqui que cresceu José Luján Pérez (1756–1815), o mais famoso e prolífico arquitecto e escultor canário.

O centro antigo da vila, percorrido por calçadas ladeadas de casas tradicionais, é dominado pela Iglesia de Santa María de Guía. Esta igreja paroquial com três naves foi construída em 1607 e tem uma fachada neoclássica. O seu interior abriga várias esculturas notáveis de José Luján Pérez, parecendo mais um museu a ele dedicado do que uma igreja de culto.

Santa Maria de Guía é famosa pelo “Queso de Flor” (Queijo de Flor), feito à base de leite de ovelha e vaca misturado com sumo de flores de alcachofra. O seu sabor invulgar é muito agradável e já lhe valeu numerosos prémios. Entre a última semana de Abril e os primeiros dias de Maio celebram-se anualmente na vila as populares Fiestas del Queso.

Cerca de 5 km a leste de Santa Maria de Guía encontra-se o Cenobio de Valerón, um conjunto de quase 300 cavernas pré-hispânicas escavadas em diferentes níveis na rocha. Estas cavernas eram usadas como celeiros e para rituais religiosos, sendo fáceis de defender devido à sua localização inacessível.