03:01:27 Quinta, 19 Setembro 2019

Telde é a segunda maior cidade da ilha e fica cerca de 13 km a sul de Las Palmas.
Esta povoação muito antiga e bonita foi capital de um dos dois reinos pré-hispânicos da ilha (o outro era Gáldar). O centro histórico tem como núcleo a agradável Plaza de San Juan, rodeada de frondosas árvores centenárias e de belas casas de estilo colonial pintadas de verde e branco, com varandas de talha elaborada.

Dominando a praça, a grande Basílica de San Juan Bautista possui um magnífico retábulo flamengo com seis cenas da vida da Virgem e uma imagem de Cristo feita com espigas de milho pelos índios mexicanos – embora possua 1,85 m de altura, pesa apenas 7,5 kg devido à leveza deste material.

A Calle Inés Chemida liga a Plaza de San Juan à outra zona histórica da cidade – o pitoresco bairro de San Francisco, que cresceu em volta da Iglesia de San Francisco. As estreitas vielas são aqui pavimentadas com seixos ovais de basalto e ainda se podem ver as antigas e escurecidas tabuletas das ruas.

Na Calle San Fernando, assim chamada em homenagem a Fernando e Juan León y Castillo – os famosos irmãos que nasceram em Telde e deram grande impulso ao porto de Las Palmas –, encontra-se a Casa-Museo León y Castillo, dedicada à sua vida e obra como engenheiros e diplomatas.

Para sul da cidade, a meio caminho entre Telde e Ingenio, vale a pena visitar La Montaña de las Cuatro Puertas, com vestígios da era pré-hispânica. Situada num monte que os Guanches consideravam sagrado, a estrutura de Cuatro Puertas consiste numa grande câmara com quatro entradas monumentais onde se reunia a nobreza de Telde. É possível que fosse também o local de trabalho dos embalsamadores locais.

Telde possui a mais extensa faixa litoral do leste da ilha e uma grande variedade de praias, algumas de areia e outras de seixos, como as de Agua Dulce, Del Hombre, Melenara e Salinetas...

Ingenio
Barranco de Guayadeque
Agüimes